Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Um dia
Fui um anjo
Não sei mais
Mais era um
Dos mais lindos
Dos anjos
Que um dia
Estiveram no céu
E com os milênios
Cai dos céus
E nos frios e negros
Mundo cai
E por milênios
Nas trevas
Estive
e meus caminhos percorri
Entre anjos
demônios
E humanos
Eu estive
Acostumei-me
A estar
Em meu mundo negro
E assumi
Meu lugar
Nas trevas
Nas minhas
Próprias trevas
Minha alma
Antes brilhante
Ficou negra
Os sentimentos
Todos
Eu esqueci
Um eu nunca senti
O calor do amor

E hoje
Caminhando
Entre os mortais
Eu vislumbrei
Uma luz
Que me envolveu
E me aqueceu
Uma chama quente
Que penetrou
Em meu frio coração

E ao olhar
Eu te vi
E senti
finalmente
O calor do amor
agora
Quando caminho
Por entre as trevas
Já não sinto
O frio negro em
Meu coração
Agora sinto
Por ti
Imensa paixão
Que ilumina
Minha escuridão
Sal Eterno Aprendiz
Enviado por Sal Eterno Aprendiz em 13/11/2007
Código do texto: T735698

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sal Eterno Aprendiz
São Paulo - São Paulo - Brasil
550 textos (32432 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 21:10)
Sal Eterno Aprendiz