Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desalento

Sinto-me sozinha
Mas, sozinha não estou
Pergunto a esta vida daninha,
Por que me causas tanta dor?

Sinto o meu peito dilacerando
Capaz até de não aguentar
Carregar a dor que vem suportando
Que parece nunca acabar.

Pergunto-me se vale a pena
Passar por tanta decepção
Quando deveria transbordar-me de emoção.

Peço a Deus sua compaixão
para que possa um dia me tirar
Desse mar de desilusão.
Flavia santos
Enviado por Flavia santos em 20/11/2005
Código do texto: T73781
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Flavia santos
Paulo Afonso - Bahia - Brasil, 33 anos
3 textos (296 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 10:19)
Flavia santos