Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Divina saudade

Crava em meu peito o punhal
Dessa saudade danada
Ele já não faz mais mal
É ferida cicatrizada
 
A todo instante eu minto
Que pra sempre te esqueci
Que por ti, mais nada eu sinto
Que nunca por ti sofri.
 
Minto ao dizer não te amo
Minto, mas dentro de mim
Todo momento te chamo
É uma saudade sem fim.
 
Passa o tempo, passa a vida
Passam os anos e eu aqui
Tendo aberta essa ferida
Que um dia abriu, por tí
 
Cicatriza sim, mas reabre
Ao encontrar nova paixão
Pois meu corpo toda sabe
Que é só teu meu coração.
TadeuBarueri
Enviado por TadeuBarueri em 16/11/2007
Código do texto: T739096

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Tadeu-Barueri - http://recantodasletras.uol.com.br/autores/tadeubarueri). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
TadeuBarueri
Barueri - São Paulo - Brasil, 60 anos
97 textos (3184 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 13:10)
TadeuBarueri