Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu amo o suicídio

Existiu um dia com sabor de alegria,
Mas as palavras doces foram levadas pelo vento,
Só restando a dor e a inútil melancolia,
De viver cada segundo com você no pensamento...

Eu queria esquecer do seu sorriso,
Como quem esquece de dizer adeus,
Gostaria de ter você de volta por uma noite,
Talvez esquecesse de sentir esta maldita agonia...

Sinto-me fraco toda vez que volto atrás,
Deveria ser um motivo para plantar flores,
E o que teriam as flores para me dizer?
Que a primavera é linda como um diamante,
Mas não poderá traze-la de volta!!!

Lembro do olhar da princesa de plástico,
Seu toque de anjo me deixou em choque,
Não poderia imaginar que sua alma fosse de borracha.
Quando você foi embora eu não queria acreditar,
Que se findava ali uma vasta magia...

Existiu o amor e tudo parecia verdadeiro,
Hoje há um apreço enorme pelo abandono,
Há uma vontade de correr para o horizonte,
E dizer que já não quero sentir dor,
Que já não tenho forças para tentar outra vez,
E que deveria desistir de maltratar meu coração...

Estou descobrindo um novo amor,
Ele não me parece tão ruim ou escuro,
Quando as esperanças estão findas...
Estou descobrindo um novo amor,
E posso estar no caminho certo,
Talvez um dia você se arrependa...
Talvez um dia você se arrependa...
Eu amo o suicídio...
Fábio Júnior Hennika
Enviado por Fábio Júnior Hennika em 16/11/2007
Código do texto: T739273
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fábio Júnior Hennika
Bento Gonçalves - Rio Grande do Sul - Brasil, 37 anos
14 textos (604 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 05:04)
Fábio Júnior Hennika