Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Puro Amor

Estamos cansados de viver
de lutar pelo adiamento
do fatal.
Meros fatos, corpos para propagandas.
Os velhos agonizam,
escarram escuridão...
E ninguém vê o que eles enxergam
através do tremor das suas mãos.
Talvez o memso pedido,
a memsa súplica afiada:
-Redenção!
Eu mataria a nós todos
por puro amor à vida;
Encerraria o movimento doloroso
de sentir sangue por dentro,
sangue por fora.
-Sangue de fora!
Nada de guerras.
Só suicídio das massas.
Puro amor!
Dil Erick
Enviado por Dil Erick em 20/11/2005
Reeditado em 13/01/2012
Código do texto: T74008
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Dil Erick
Macapá - Amapá - Brasil, 29 anos
325 textos (13535 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 06:08)
Dil Erick