Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Suplício

Não me ataques, se não sabes de minha vida
Em quantos espinhos doloridos já pisei
E quantas vezes, te chamando de querida
Nessas quimeras as lágrimas que derramei
 
Senti meu rosto se banhar em tristes prantos
Meu coração apertadinho sufocar
E me entregando, por completo aos seus encantos
Sorrir por fora, mas por dentro só chorar
 
Imaginar seu corpo quente em outros braços
Imaginar seus beijos como todo calor
Imaginar que estas presas em outros laços
Por comodismo, mesmo que não tenha amor.
TadeuBarueri
Enviado por TadeuBarueri em 18/11/2007
Reeditado em 18/11/2007
Código do texto: T741604

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Tadeu-Barueri - http://recantodasletras.uol.com.br/autores/tadeubarueri). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
TadeuBarueri
Barueri - São Paulo - Brasil, 60 anos
97 textos (3183 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 05:22)
TadeuBarueri