Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quase um poema de amor


Na noite, sou violeta
No dia, sou girassol
Na vida, sou borboleta
No sonho, sou rouxinol

Na fala , sou cobrança
No peito, sou carência
Na mente, sou esperança
Nos olhos, a insistência

Você é o meu problema
E também a solução
Versos do meu poema
Fonte de inspiração

Na cobrança, a divergência
Na carência, a confiança
Na esperança, é paciência
Ao meu olhar de criança

Somos palavras ao vento
Levadas ao som da poesia
Somos talvez sentimento
Que a nossa mudez desconfia






Ana Beatriz
Ana Beatriz
Enviado por Ana Beatriz em 20/11/2007
Reeditado em 20/11/2007
Código do texto: T744361
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ana Beatriz
Brasília - Distrito Federal - Brasil
11 textos (643 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 01:16)
Ana Beatriz