Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Embriaguez De Amor E Morte

A morte nos ama com dor...
Invejarão os anjos
O amor que nos purifica?

Ou morreremos no seu mar de embriaguez,
Onde o sangue é, voz da carne,
Dizendo que devemos amar...

Nas núpcias do silêncio
O amor é o apostolo
Dos delírios e devaneios.
 
As máscaras do amor despem
Teus olhos de ferrugem;
A voz é vidro
Estilhaçando em emoções.

Se o amor morre junto à queda
Por que os anjos não o acharam,
Se foram os primeiros a cair?

O amor sepultado na vida
Eterniza a solidão.
Somos embriaguez de lábios
Invejando o beijo dos anjos
Que nunca
Morrerão
De amor...
Luis Felipe Saratt
Enviado por Luis Felipe Saratt em 20/11/2007
Reeditado em 05/10/2008
Código do texto: T745030
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luis Felipe Saratt
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 35 anos
61 textos (1089 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 07:52)