Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

REFUGIO


Autor: abo
Nos desencantos da vida
Buscamos soluções pragmáticas,
Na ancia de viver
Um amor descontraído.
Procurando ver a felicidade
No sorriso das rosas
Mas só encontramos saudades
Deixadas nos bancos dos jardins da praça.
A cada pétala que caie
É uma lagrima rolando
No rosto triste da solidão,
É como se as estrelas
Não mais brilhassem
Pra iluminar os ardentes beijos
De paixão que você me dá
Na fria noite de luar.
E na areia densa da praia
Buscando o refugio pro coração,
Sentindo a brisa gélida do mar
A soprar sobre mim, vou...
Distanciando-me da multidão
Até chorar sozinho na beira da água
O desconsolo do amor que não tenho.
Entre vento e espumas,
Numa frenética onda sincronizada
Pela melodia vinda do alem mar,
Como uma canção de opera,
A orquestrar meus sentimentos;
Num consolo triunfal de paz e amor.
Ai! Caio por terra...
Deixando meu corpo livre e solto
A deriva das ondas e areias,
Lavando todo meu suor
De magoas e solidão.

ABO
Enviado por ABO em 22/11/2007
Código do texto: T746974

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ABO
Ariquemes - Rondônia - Brasil
130 textos (4503 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 19:01)