Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Das Dúvidas que me Restam


Uma ilusão nasceu entre nós, e se chamava
amizade. se fez como cortina, ocultando
o que não acontecia, não havia.
não ouve o ser, ter ou tocar;
houve distância,
sentimentos lentamente sufocados.

hoje existe dúvida; o constante "se" é
o que me atormenta. posso apenas imaginar como seria
o outro caminho, aquela realidade alternativa utópica;
posso  criar em minha mente
imagens felizes, mas junto delas inevitavelmente
se criam emoções ruins.

Ela não era tão previsível, não refletia todas as cores
talvez fosse complicada como eu,
contida como eu, esperando uma resposta,
assim como eu. então a julguei ser igual às demais;
mesmo tendo em mim, acima da  própria consciência,
tantos sintomas que ocorriam ao simples encontro.
tudo o que mais ninguém seria capaz.

Nossa contato se restringiu a gestos:
sorrisos contidos, abraços e olhares...
Mas os olhares não mentiam; convencem
mais que palavras. mas não posso compreender
o que eles dizem; seu olhar fez de mim um cego.
Pedrê
Enviado por Pedrê em 24/11/2007
Reeditado em 24/11/2007
Código do texto: T750085

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pedrê
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 29 anos
9 textos (183 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 01:52)
Pedrê