Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Sem Resistências

 

Opor resistência ao amor sentido no peito

É falta de coragem de arriscar

É não querer dar as mãos

É se desculpar perante a estrada aberta à nossa frente

É cruzar os braços em tempo de luta

É recusar os abraços e as mãos estendidas

Não falar de amor é reconhecer que a vida fracassou

Não amar é mentir para a própria verdade

É contradizer-se diante de si mesmo

Dizer que nada tem para dar é pura e simplesmente negar a própria condição de caminhante

Porque ninguém caminha se não tem nada para dar

Ninguém caminha se insiste em dizer que está cansado.

E, muito menos existe fortaleza em seres cansados.

Ou existe força em pessoas sem amor, racionalizadas.

E você sabe que não existe só a razão!

Nem que você seja forte, sem esperanças.

Nem que você seja indestrutível, 
Sem amor, sem perspectivas.


Eu sou o amor!

Eu sou a força!

Eu sou a fé!

Eu sou o sol!

Ama-me...

Hoje e sempre!!!

 

Luiz Carlos

lucaroca
Enviado por lucaroca em 25/11/2007
Reeditado em 21/01/2008
Código do texto: T751722
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Áudio
Sem Resistência - lucaroca
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
lucaroca
Teresópolis - Rio de Janeiro - Brasil
241 textos (35367 leituras)
13 áudios (3846 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 13:32)
lucaroca