Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESPERTAR



Eis que desperta o poeta que outrora repousava.
É a primavera que aos poucos em flores amanhece,
Farvalhando com o festejar de insetos
Que o vergel perfilha.
Qual a extensão de uma lotus  é o vazio que   dentro em mim paira.
 Tenho  um amor que me cobre
mas não me deixa dormir.
Tenho medo de adormecer meu canto,
eu santo e minha poesia.


Belo Horizonte, 02 de fevereiro de 2006


Rodrigo Ribeiro
Enviado por Rodrigo Ribeiro em 25/11/2007
Código do texto: T751859
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rodrigo Ribeiro
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 36 anos
9 textos (198 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 09:58)
Rodrigo Ribeiro