Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DURANTE A CHUVA O SOL

Acordo e durmo, você não vem
Espero-te como aguardo um trem
Não me importo se trem não tem
Sento num banco feito monge Zen

Mas você teima em não chegar
E então transporto-me ao fundo do mar
Torno-me a concha, que está ali para ficar...
Seguindo a areia a rolar...

Campainha não toca, acalmo a agitação
Se vejo um raio, espero o trovão
Conto os carneiros, que saltam meu coração
E escondem tua visão

Não desanimo, já aprendi
Amar você é este eterno partir
É não te ter, mas sempre te possuir
No meio do choro sorrir

Durante a chuva o sol...
Gê Muniz
Enviado por Gê Muniz em 25/11/2007
Reeditado em 29/11/2007
Código do texto: T751927
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gê Muniz
Campinas - São Paulo - Brasil
1210 textos (34390 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 21:53)
Gê Muniz