Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Por que me provocas?

Para que me buscas
Se sempre me afirmas
Que de mim, só foges
Que de ti, sou sina
Para que me para nas ruas
Quando estou em neblina
Se quando te falo, logo te calo
E em tua garganta torno-me o nó
Se sou teu choro convulsivo
Quando estás absorto
Ou lírico
Se sou a que te completa, quando em ti,
- como onda que arrebenta- Provoca crateras
E aos cacos
Você me sorri.
Para que me sorves se não sou o ósculo
Que roubará de ti a lucidez necessária
Sou antes, o perigo iminente, que te povoa a mente
E coabito
O teu istmo abissal.


Jaqueline Serávia
Enviado por Jaqueline Serávia em 25/11/2007
Reeditado em 25/11/2007
Código do texto: T752072

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Jaqueline Serávia
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
233 textos (6461 leituras)
1 áudios (44 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 12:49)
Jaqueline Serávia