Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

JANELAS

Vejo a poesia saindo pela janela.
Numa atmosfera envolta por desejos,
derramando sonhos que esmeram
pormenores sequenciais de vida...

sou mero observador da beleza,
porque no varal das memórias,
mantenho pendurado o lençol,
que ainda guarda o doce odor,
de sua presença ao meu lado...

e pelos cantos onde tenho andado,
imagino onde esteja ela...
e que meu pensamento a alcance
e faça de minhas palavras
a mais pura mensagem de amor...



 

CAVALEIRO SOLO
Enviado por CAVALEIRO SOLO em 25/11/2007
Reeditado em 13/08/2017
Código do texto: T752424
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CAVALEIRO SOLO
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
816 textos (61635 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 12:43)
CAVALEIRO SOLO