Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POEMA AO DISTANTE AMOR

Fui comigo sem ver para algum lugar.
Perdi-me no caminho e nem sei dizer.
Cheguei exatamente na hora de voltar.
Não entendi o que tinha que entender.

Descobri o que se quer não ouso falar.
Aprendi e esqueci o que não quero ver.
A viagem terminou sem ao menos começar.
E cá estou eu triste e só a envelhecer.

E quem fui um dia,estou agora a recordar.
Sou alguém que sofre e está a morrer.
Sem amar-te,sinto que não posso amar.
Sem tua luz,amor belo, o que é viver?

Karla Bardanza
Karla Bardanza
Enviado por Karla Bardanza em 26/11/2007
Código do texto: T753886

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Karla Bardanza
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
219 textos (16562 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 22:59)
Karla Bardanza