Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Forevermente.

Sem você...
Noites frias, vazias e solitárias.
Por que as noites são assim?
O sono se vai deixando a saudade daqueles momentos.
Ficar noites inteiras sem você
É dentre todas, a pior das maldades.
A saudade será inevitável...
Porém curta.
Dias se vão, e a cada um destes
Meu amor se mostra ainda maior, mais forte
E disposto mais e mais a fazer
O que for preciso por nossa felicidade.
Te quero cada vez mais.
Meu corpo não se cansa do meu toque
E minha boca, dos seus beijos não se satisfaz,
Quer sempre mais!
Cada segundo longe de você passa lentamente
E parece não te fim.
Porém, naquele instante
Em que os meus olhos encontram os seus
Tudo que era cinza se faz luminoso
E vira o momento perfeito.
Meu coração se enche de vontade
De ficar ali, parada, te olhando
Ate meus olhos se fecharem para qualquer outra beleza.
Em minha mente ficam gravados
Dada instante desses
Não me permito esquecê-los
E ainda que tentasse, impossível seria.
Meu amor é intocável
E está trancado em meu peito
Onde só você pode chegar.
Onde, da lá, ninguém pode tirar
Ninguém pode alcançar.
Nossos momentos felizes
- os mais felizes –
E não me lembro onde coloquei as chaves
Pois não quero encontrá-las.
Nossos momentos felizes serão somente nossos
E nunca serão apagados de nossas vidas.
AnjoLee
Enviado por AnjoLee em 27/11/2007
Reeditado em 17/12/2007
Código do texto: T754310

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Emiliana Monteiro). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
AnjoLee
São Paulo - São Paulo - Brasil, 25 anos
14 textos (1294 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/09/17 02:11)
AnjoLee