Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Madre de pedra.

Sei que tenho o maior tesouro frente a tudo posto;
E até  as árvores te aplaudem vendo tua morenidade;
Ja te falei do meu orgulho ferido sem q você percebece;
E vc Sr(a) mãe, me abrigou em uma redoma feita de algo q eu não sei o que é, mas sei q todos os dias eu ouço a mesma música -"Vc é filho de Deus e eu sempre estarei ao seu lado".
Da janela desse abrigo ja vi vários invernos passar, pela porta varias vezes te vi acenar enquanto sai sem dia para voltar, porém na volta, minha Guerreira sempre esteve lá, e então sentia, o calor da minha primeira morada-Você!!!
Não nada disso pedi, mas se fosse pra reviver td pior ao seu lado eu não te questionaria...apenas consentiria e mais uma vez venceria!!!!!!!
Se fosse pra dizer eu Te Amo eu te abraçaria, se fosse pra dizer Eu Te Amo eu te beijaria, se for pra ouvir você me dizer eu te amo, eu simplesmeto me calo, me alegro, degusto e pronto...então digo -"Que venha as novas parede e pedras!!!"
Miguel Arcanjo de Moraes
Enviado por Miguel Arcanjo de Moraes em 27/11/2007
Código do texto: T754580

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Arcanjo de Moraes
Corumbá - Mato Grosso do Sul - Brasil, 31 anos
6 textos (175 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 06:39)