Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto do Verdadeiro Amor


  Amor que surge inesperado
  Sem pedir licença ao chegar
  Desperta o desanimado
  Alegra quem estava a chorar

  Amor sem nenhuma razão
  Que consome com fervor
  O mais íntimo do coração
  És certeiro ao flechar...

  Vivo esse belo sentimento
  Sem medo ou pudor
  Embalo-me com a emoção

  Como pode o inusitado amar
  Dominar todo o momento
  E enchê-lo de compaixão?!
Bruna Velozo
Enviado por Bruna Velozo em 27/11/2007
Código do texto: T755145
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Bruna Velozo
São Manuel - São Paulo - Brasil, 29 anos
19 textos (995 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 21:19)
Bruna Velozo