Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SALÃO AZUL


Autor: abo
Lagrimas que rolam no salão,
Feito orvalho na madrugada
Dizendo o quanto dói o coração,
Fazendo sofrer magoada...

Depois do adeus desiludido
Do amor desfeito pela traição,
Jogado ao relento bandido,
Pra ser consumido pela multidão.

E nesse salão azul, vejo meu amor pastar...
Como se nada fosse ficar
Na espreita de nunca essa paixão desmoronar,

Sinto a macula do desprezo
Tratada por você leviana
Como ultraje de menosprezo.

E assim finda um amor
Num lindo salão azul.





ABO
Enviado por ABO em 29/11/2007
Código do texto: T758490

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ABO
Ariquemes - Rondônia - Brasil
130 textos (4501 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 13:51)