Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Minha doce Ceci me disse:

Sinto saudade, ela dói...

Curada e Protegida


Agora aceite meu consolo neste dodói...
Esta dor que te consome me corroe...
Não quero te deixar só a saudade...
Quero dar-te o vigor de minha mocidade!


Mergulhe em meus braços sedentos
Curo esta dor que te tira a paz...
Venha logo, chega de lamentos,
Venha moça bonita buscar o teu rapaz!

Deixe-me beijar esta ferida aberta,
Com todo amor que tenho pra ti,
Pra te curar minh'alma acerta.


Não há mal que possa te atingir,
Você está protegida, minha Ceci,
Desta proteção não tens como sair!!!
Leon del Bargo
Enviado por Leon del Bargo em 30/11/2007
Reeditado em 30/11/2007
Código do texto: T759390

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e seu email leondelbargo@yahoo.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Leon del Bargo
São Paulo - São Paulo - Brasil, 56 anos
204 textos (12761 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 22:42)
Leon del Bargo