Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A outra que vive em mim

Dentro de mim mora uma fêmea
Ousada, despudorada,
Sem medida para nada,
Oculta, lá dentro de mim.
Quando se pega em liberdade,
Extrapola os limites
Da minha razão e juízo,
Tamanha a voracidade
Com que se entrega ao prazer.
Eu a mantenho em cadeias,
Presa, acorrentada,
Evitando sua evasão.
Mas horas há em que escapa,
Que minha vigilância solapa
E se entrega com sofreguidão
Ao amor, de modo tão louco,
Tão sedento e estonteante,
Que me rendo à sedução
De meu lado extravagante
E me entrego, leviana,
Aos apelos da paixão.
Shirley Carreira
Enviado por Shirley Carreira em 26/11/2005
Código do texto: T76447

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Shirley Carreira
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
271 textos (19334 leituras)
10 áudios (2665 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 11:05)
Shirley Carreira