Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Bruxa!

Vil e horrível senhora que detém
Um quente coração como refém,
Larga o fogo frio que te congela
E aceita que amar não é mazela!

Bruxaria que enfeitiça o meu peito,
Pare de me usar para o seu deleito!
Assuma que podemos estar unidos
Sem perigo de sermos punidos!

Mestra má de um doce sentimento,
Que para mim só traz tormento,
Levanta a tua bandeira da paz!

Ah! Conclui teu esperado julgamento
E enuncia o esperado momento,
No qual o sublime amor se faz!
Flávio Leal
Enviado por Flávio Leal em 01/12/2005
Código do texto: T79630
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Flávio Leal
Recife - Pernambuco - Brasil, 33 anos
10 textos (538 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:46)
Flávio Leal