Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Convergência

Não importa a escolha,
Entre nuvens ou o inferno,
Apenas um acordo.

Naquele vai-e-vem de berço,
Um choro, violão,
O brilho que nos ataca os olhos.

Mas nem o brilho das estrelas,
Nem os infinitos sons,
Pétalas douradas.

Em toda beleza da vida,
Somadas, não são nada.
Não sem ti.

Sentimento que só existe
Entre os dentes,
No peito.

Só presente à fortuna
De te ver, te tocar,
Sentir.

E no escuro pára o mundo,
Sem sons, sem pudor.
Apenas uma certeza:
O Amor.
Pancho
Enviado por Pancho em 06/12/2005
Código do texto: T81774
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pancho
Sorocaba - São Paulo - Brasil, 30 anos
33 textos (1091 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:13)