Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poesia de Amor Cliché (tradução livre)

Continuo flutuando pela espiral
Em direção ao meu fim esperado
Mas, enquanto não chego ao fundo abissal
Poderia me ajudar a não ficar curvado?

Não vai custar nem um centavo
Apenas me deixe seguir por seu caminho
Mesmo que você passe pelo Inferno
Ou pelo oceano azul marinho

Se você não conseguir chegar ao fim
Ou ficar cansada durante o caminho
Deite sua cabeça em mim
E, juntos, ficaremos sozinhos

Estas palavras não são vazias
(ao contrário de minha criatividade)
Elas podem soar insignificantes
Mas elas não são

Eu posso soar falso e plagiador
Mas não sou
-Apenas estou apaixonado,
Tendo comigo um coração frágil e vulnerável
Thiago Zanetti
Enviado por Thiago Zanetti em 08/12/2005
Código do texto: T82592
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Thiago Zanetti
Sorocaba - São Paulo - Brasil, 30 anos
212 textos (41334 leituras)
68 áudios (7571 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 14:50)
Thiago Zanetti