Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu Bem

meu bem
caminhei mil léguas para colher tulipas de veludo
para acarinhar-te o pensamento doce e madrigal
meu coração bate por ti em desesperada correria de sonhos
minha tonalidade beija o teu incomum desejo de mim
quero nossos devaneios proferindo pactos de luz
meu bem
nossos propósitos amorativos se convertem em toques
se convergem puntiformes sazonais
em qualquer lugar universal
nossas carinhosas madrugadas nos aplaudem aos motes
foste tu o complemento abismal de minha etérea noite
e sei que és agora a complementaridade idílica assintomática de nós
não procrastinemos mais o nosso amor
ele é o senhor dos nossos arcos
meu bem
vivemos juntos muitas comutações
e tocam os sinos de constelações no azul do céu
a noite nos dá seu testemunho de que o nosso amor é procedente
quero já o teu afrodisíaco hálito mor me confessando amor eterno
meu bem
nossas calmarias interiores nos aproximam
somos o despertar de postergadas invenções
nos confundimos um ao outro em costumeira especificidade
e vencemos dúvidas inquietas amortecidas
meu bem
sei agora que o teu olhar me prende
e sabes que o meu olhar te acolhe
hoje e sempre
Carlinhos Pink
Enviado por Carlinhos Pink em 11/12/2005
Código do texto: T84283
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Carlinhos Pink
Fortaleza - Ceará - Brasil, 53 anos
49 textos (1337 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 18:00)
Carlinhos Pink