Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Porque eu não entendo

Eu precisava de uma razão
Um bom motivo pra entender
Precisava pisar o chão
Precisava encontrar você
Que me deve alguma explicação
Que precisa esclarecer
Se o que rolou foi paixão
Ou só algo pra esquecer
Não o beijo ou o abraço,
não a isso eu me refiro
Mas ao jeito e ao pedaço,
ao que ficou confundido
Pois nada surge do nada
tudo tem sua criação
Sentimento é uma facada
É o berrar do coração
E eu já não sei o que sinto
Não sei como entender
Não sei qual foi o sentido
Não sei o que foi pra você
Mas, ora, como sou boba!
Não se entende o que não é
Não se sente o que não existe
Não foi nada, só maré
Que vem e vai o tempo todo
Sem sair do lugar
O que não existe não se explica
Continua assim sem entender...
Se ao fim das contas não foi nada
não restará nada
e não sentirei nada sem você
Fogo Selvagem
Enviado por Fogo Selvagem em 14/12/2005
Código do texto: T86044
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fogo Selvagem
Campinas - São Paulo - Brasil
288 textos (8603 leituras)
2 áudios (149 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 22:53)
Fogo Selvagem