Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desistir

Se eu desistir de você eu estou desistindo de mim
Não quero deixar só na possibilidade de ficarmos juntos
esse não pode ser o fim...
então porque ainda estou longe de você?

Provoque-me, ameaçando voltar
me dando esperança, me alegrando ou me desesperando
Mas não me deixe sem notícias,
se não passaremos nossas vidas, só lembrando

quando ouço sua voz, meu sangue corre
assim eu vou enloquecer
hora após hora, eu tento e tento,
mas não estou pronto pra esquecer

Provoque-me, me envie uma carta
Venha me visitar,
Até que meu coração se parta
pois eu sei que não te tenho pra sempre

Nossos destinos são diferentes
Mas não podemos nos perder, você e eu
ainda guardo seus presentes
pode me fazer mal, mas você também guarda os meus

Nós viveremos nossas vidas,
nós podemos chorar todos os dias
Eu sei que nós vamos encontrar um jeito
de termos nossas letras unidas.

Sim, eu te espero, mesmo que demore mais cem anos
Sim, eu acredito, que nós realmente nos amamos
Os poemas sinceros que você leu
Eu sinto muito a sua falta

Mas continuamos juntos, você e eu
nosso atos falidos só serve para nos culpar
Eu sei que não fiz tudo que podia fazer
Eu luto pelas nossas vidas e você parece só me esperar

Seu nome está arranhado em meu coração,
Eu desisto de te esquecer, de tentar entender,
E ficar suportando, não posso viver sem você
Vou te ter de volta ou morrer tentando
pedro victor freire dos santos
Enviado por pedro victor freire dos santos em 17/12/2005
Reeditado em 25/04/2008
Código do texto: T87029
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
pedro victor freire dos santos
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 25 anos
35 textos (1396 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 18:29)
pedro victor freire dos santos