Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Para Enaide

Negra, bela,
Limiar do pecado e do amor,
Atiças meus desejos, minha beldade.
Acalentas meu espírito, meu anjo protetor.

Deste-me a calidez nas noites frias,
Exorcizando tabus, sapecando pudores,
Deste-me a alegria,
Que outrora não me deram outros amores.

Deste-me a liberdade para amar com efusão,
A resignação para viver e erguido manter-me
distante de toda iniqüidade.

Amor, paixão, amor, paixão, amor
Acaso ainda restam incertezas,
Meu coração?
Luiz Coronheiro
Enviado por Luiz Coronheiro em 21/12/2005
Reeditado em 10/11/2010
Código do texto: T88897
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luiz Coronheiro
Guara I - Distrito Federal - Brasil, 52 anos
9 textos (430 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 00:10)
Luiz Coronheiro