Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Doar proteção.

Lembro-me agora como se fosse ontem,
A primeira vez que te vi,
Branco como a lua, quente e o sol ainda nem brilhava,
Porque era madrugada e você ainda não tinha chegado.

E se meus braços te laçava
Com toda minha força e alma,
Era apenas para proteger das dores
Daqueles que queriam lhe ferir.

E se aqueles que a ti sorriram sem saber,
Que seu coração poderia sofrer,
Se atrás deste pequeno momento algo de escuro se escondia, Agora você precisa saber.

Que estou sorrindo para você,
Minha alma transpõe
O que ainda não pode conhecer.
Dar-te-ei amor se assim for.

Plantarei esperanças tão verdes
Como as folhas que encantam o outono,
Simples é dar sem querer receber,
Simples é desejar e ser,
O que queria ser para você !

29/12/2005

Paula de Lima
Enviado por Paula de Lima em 31/12/2005
Reeditado em 12/07/2008
Código do texto: T92607
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Paula de Lima
São Paulo - São Paulo - Brasil, 44 anos
102 textos (15464 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:44)
Paula de Lima