Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor Tsunami

Quando estava a chorar a perda
Desse meu complicado amor,
Vagando na praia, sem rumo,
Ondas morninhas beijaram meus pés.

E todo o meu corpo arrepiou-se,
Ao notar que um olhar brilhante,
Cheio de ternura e amor represado,
Parecia a espera de abrirem-se
As emperradas comportas do meu coração.

Imaginando-as abertas, apareceu-me um amor
desaguando nas ondas, fazendo-as crescerem
num redemoinho, que domináva-nos e
aproximáva-nos, girando bem devagarinho,
num apertado abraço, e com muito carinho.

Ousando sair do mundo das sensações,
Abri as comportas do meu coração,
Para que a dona daquele olhar me ame,
E amores represados tornem-se Tsunami.



Inspirado da Poesia "Quero Ao Teu Lado Caminhar" da amiga Paty.
Jotabe
Enviado por Jotabe em 05/01/2006
Código do texto: T94909

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Jotabe - http://www.recantodasletras.com.br/autores/jotabe - Não é permitido modificar este trabalho). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jotabe
Brasília - Distrito Federal - Brasil
682 textos (142789 leituras)
5 áudios (7425 audições)
23 e-livros (40689 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 06:47)
Jotabe