Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Minoria sexual


Vive ás escondidas
Traçando avenidas
E atalhos , muitas vezes sem saída .
No interior , a escuridão
O sim que vira não ,
O medo de assumir
A sua opção !

Pudera , com tanto cidadão
A dar opinião
Sobre a sua vida sentimental ,
Não resta pedra sobre pedra ...
A colisão é fatal !!!

Vive-se num tribunal
Permanentemente a julgar
Todo aquele que não é igual
Na sua forma de amar !?

Como se o amor
Se fizesse sentir
Dentro de um só padrão
Estipulado para se fazer cumprir ,
Mesmo com a dor
No coração !

Estão em minoria ,
Mas vivem em união
E sonham com o dia
Em que não os reprovarão .
Dirão adeus com alegria
À malvada discriminação
Que lhes fazia companhia ,
Mas que rastejará pelo chão !

O emergir
Do respeito pela igualdade
De direitos , no seio da sociedade ...
O evoluir
Ao construir
Com garra na mão ,
Um novo empreendimento
De mútuo entendimento
Entre toda a civilização !
artescrita
Enviado por artescrita em 01/03/2006
Código do texto: T117283
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
artescrita
Portugal, 33 anos
107 textos (4742 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:20)