Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Igualdade desconhecida

Voa, voa andorinha
Com asas de um branco puro;
Entrega esta minha cartinha
No solo de um porto seguro!

Nela dançam letras;
Sílabas; palavras e frases...
Pois que alcancem todos os cometas:
Semeando a justiça;
Plantando a virtude;
Recolhendo a cobiça;
Acariciando a inquietude;
Rejuvenescendo em plenitude!

Que deste sadio crescimento
Surja a eterna temperança,
O desejo de desenvolvimento
Conjugado com a abundância...
Um fugaz renascimento!

Sobre um papiro
A lei da igualdade prevalece.
Ao longe, um disparo, um tiro
E o direito à diferença acontece!

Pedaço de um papel;
Lei constitucional;
Nada disso interessa...
Seja a minha
A tua vontade,
A nossa intensa verdade
Que move a andorinha
Rumando à liberdade,
O conteúdo da cartinha
Se ilustra assim:
O desrespeito pela homossexualidade
Tem que ter um fim!

São palavras que dito ao vento
Para que sopre na correcta direcção
Levando até ti, que vives no desalento,
A mais sincera compreensão.

Grito bem forte:
Sou homossexual,
Qual é a diferença?!
Não deixo de ser
A filha da sorte
Que nasce um dia,
Que vive com alegria
E se desintegrará na morte.
artescrita
Enviado por artescrita em 29/03/2006
Código do texto: T130451
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
artescrita
Portugal, 33 anos
107 textos (4742 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:29)