Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Em algum singelo momento..."

Em algum singelo momento
Que sem querer deixei passar
Levou-me assim ao alento,
Triste a ponto de chorar!

Em algum singelo momento,
De surpresa, sem que pudesse esperar,
Caiu-me  assim, como uma bomba!
Algo  pro coração magoar!

Vi que havia um belo sol.
Levantei até sorridente....
Sentei na cadeira da sala,
E o recebi como um presente!

Mas os dias não pedem passagem.
Muito menos informam pra gente
Se serão dias normais, ou
Serão dias diferentes...

Em algum singelo  momento
Ele resolve e pronuncia,
Com alta e clara voz,
Uma decepção anuncia!

De repente o sol reluzente,
Que ainda em meu corpo dormente,
Carinhava e deixava contente
Vira-me as costas simplesmente!

Em algum singelo momento,
As cores se vão num repente.
Ficando um misto de cinza chumbo.
Ou preto e branco somente!

Há dores que ninguém explica.
Tampouco sabe-se  como vêm.
Estão para serem sentidas,
Regado que todos têm!

Em algum singelo momento
Meu viver assim displicente
Se debruça infelizmente,
Sentindo um nó na garganta
Pra aguardar placidamente,
Outro dia nascer novamente!


Eliana Braga
Gaivot@
20/04/06
15:00hs
Campinas/SP

Dedicado ao meu amado Filho Bruno Braga
Gaivota
Enviado por Gaivota em 20/04/2006
Reeditado em 21/04/2006
Código do texto: T142362
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Gaivota
Campinas - São Paulo - Brasil
115 textos (4906 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:12)
Gaivota