Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Katrina

Katrina, Katrina
Maldita assasina
Veio como quem não quer nada
Foi-se como quem tudo quis
Pense nas almas arrastadas
Pense na criança nunca mais feliz

Katrina, Katrina
Maldita menina
Em seus rodopios lavou as praias
Em seus cachos varreu as ruas
Gulfport, New Orleans, e outras várias
Viu você deixá-las nuas

Katrina, Katrina
Maldita sina
Daqueles que a viram passar
Daqueles que não puderam te deter
Daqueles que só podiam chorar
Daqueles que que só podiam temer.
BOI (Luciano Alencar)
Enviado por BOI (Luciano Alencar) em 27/04/2006
Código do texto: T145956
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original).
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BOI (Luciano Alencar)
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 29 anos
246 textos (25430 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:31)
BOI (Luciano Alencar)