Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Validade

Tantas vezes reclamei
Desejei, coisas novas
E não percebi que minha infelicidade
Era contagiosa
E tão menos valiosa
Por afastar de mim
Todas as razões do meu viver.
Talvez eu tenha feito sem querer
Mas fiz, sabendo que ia me arrepender.
Como me sinto feliz
Por ter novamente um sorriso, um coração
Poder sentar ao teu lado
E rir de tuas falhas,
Me encantar com tuas palavras
E receber a luz, que você emana.
E querer ser como você
Quando crescer
Ser ranzinza ,
Com pitadas de alegria
Quem sabe até plantar flores,
Eu sei que você gosta
E não fazer perguntas indiscretas
Pois você nunca dá resposta.
E também não me imaginar longe
De chegar tão fiel as suas glórias
Aquelas vitórias
Que você insiste em me contar,
Eu não quero você distante
Quero aprender mais contigo
E por mais que você tenha sofrido
Tanto...
Eu te admiro
Por seres esta criatura fantástica
Movida por “táticas”
de atrair felicidade e contentamento
Por termos tudo e ao mesmo tempo nada.
E não me importo em saber,
Que você não é tão forte quanto se parece
você esclarece
As dúvidas que me perseguem
E me mantém livre,
Dentro de uma gaiola de sofrimento
E eu ainda vou te ver completa
mais feliz do que aparenta
Nem que pra isso eu tenha
que te dedicar tudo o que eu faço,
E os últimos minutos da minha vida.
E quando você for embora
Para o lugar , onde todos por ironia
acabam se encontrando,
Eu vou em sentar na mesa
Pra ouvir você me xingando
me mandando por os chinelos,
porque sempre fico doente quando descalça.
Vou ser resistente a qualquer ameaça
E achar graça,
Quando assisto a hipocrisia dos outros.
Tenho que terminar o que você começou
Colher as flores que você plantou
Naquele jardim eterno
E quando chegar minha hora
Eu seguirei feliz, sem olhar pra trás
Levarei na minha mala
Tudo o que me ensinaste,
E na alma, minha eterna paz.

          Amor materno, dedicado à Gessy Gottschalk Petzinger
Deibby Petzinger
Enviado por Deibby Petzinger em 12/05/2006
Reeditado em 12/05/2006
Código do texto: T154885
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Deibby Petzinger
Canela - Rio Grande do Sul - Brasil, 31 anos
25 textos (1297 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 15:57)
Deibby Petzinger