Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Prosa para o Poeta

Poeta
Poetinha
que tantas vezes me falou
sorriu e chorou.
Por vezes é pedra bruta
outras tantas jóia rara
de preciosa lapidação
imaginação, sentimento e calor.
Ser macho faminto
inquieto e urgente
assustador
mas sempre um provocador.
Libidinoso
amoroso
grande teimoso.

Tu és único
e amigos a parte
aceite esse mimo
que lhe passo neste ato
sem nenhuma pretenção
talvez, quiçá
chamar sua atenção
para tua alma linda
espírito criador
mente aguçada
que caminha arredio
tipo desbravador
que prefere morrer e dominar
a se revelar, se mostrar e amar.

Não é para mudar
apenas chamar sua atenção
tudo isso pode ser revigorante
muito importante
e uma faceta distante
do teu interno olhar.

Beijo no seu coração!
Drika
Enviado por Drika em 16/05/2006
Código do texto: T157151
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Drika
Manaus - Amazonas - Brasil
47 textos (4945 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 19:02)
Drika