Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Canção Singular"

Êta 'menino' arisco.
Se puder eu me arrisco.
E te pego, te embebedo.
Como bruxa no feitiço.

E te falo de um amor
Amor crú, sem maldade
Você ainda rebaterá que não...
E me dirá: é só paixão. Verdade...

Mas não... eu fecho o círculo
Em ritual celta maligno
Porque quero o você-digno
Pois me corrói este dragão.

Fagueiro, todo mineiro; olha de lado
Me devorando em letras da ilusão
Aqui te proponho uma barganha:
Eu passo a rêde e você me arranha!

E como peixe liso que me estranha
Escapas! Mas não faz mal...
Já tenho sua marca fatal!

Mais do que ligeiro
Sai nadando todo faceiro
Meu bôto seresteiro...
Debora F
Enviado por Debora F em 10/10/2006
Código do texto: T260872

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Debora F
Arco-Íris - São Paulo - Brasil
106 textos (4533 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 03:34)
Debora F