Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DÍVIDA IMPAGÁVEL

A minha amiga Sandra Carvalho

Estive a pensar nestas noites insones,
Destes tempos difíceis de falta de amor:
Sobre a chave de um sonho preciso dizer;
Falar em voz alta, abrir microfones;
Condenar a aridez de um mundo de dor;
Ressaltar a amizade que é preciso se ter.

O sonho que tive, cuja chave é mui bela
Fala-me de gente, propõe forte gratidão
E pra vida coletiva abre-me a janela,
Que torna possível o amor no coração.
E quando somos pegos de surpresa pela dor
Descobrimos grande dívida: a dívida do amor!

O amor é dívida grande, que não se pode pagar.
Aquele que na vida tem, amigos às mancheias
Pode sorrir tranqüilo, pois alcançou tesouro.
É que amigo de peito, a quem se pode amar
Em manhãs de sol a pino e noites de luas cheias
É valor bem mais raro, que prata ou mesmo ouro.

Por isto esta dívida imensa, do amor é impagável.
Pois o bem que ele faz, na vida de quem o possui
Não se mede por nada mesmo, nem se pesa em balança.
O amor é elo forte que tudo torna conciliável
E preenche de uma paz o imo do ser onde flui
E faz a vida que o recebe prenhe de fé e esperança!
Alex Guima
Enviado por Alex Guima em 03/11/2006
Código do texto: T281549
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alex Guima
Eunápolis - Bahia - Brasil, 43 anos
177 textos (112798 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 10:42)
Alex Guima