Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CLARA

Clara,
Passei a noite em claro.
E é claro:
Pensando em você.

Jóia rara.
Diamante raro.
Raramente encontrado.
Assim é você, Clara.
Claro!

Incrivelmente,
A lua era clara.
A noite era calma – e rara.
E Clara,
Em meu pensamento, aparecia.
E eu ria, e via claramente,
Clara em mim,
Em minha mente.

Claro que,
Clara somente.
Num momento raro.
Numa noite rara...

- Logo eu que, também,
  não sei nada do mar – nem do amar.

Marcos Aurélio Mendes
Marcos Aurélio Mendes
Enviado por Marcos Aurélio Mendes em 11/08/2011
Código do texto: T3153279

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcos Aurélio Mendes
Jussara - Bahia - Brasil, 52 anos
443 textos (35751 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 22:36)
Marcos Aurélio Mendes