Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NATUREZA MÃE DIVINA

Te conheci ingênua
Tão meiga e carinhosa
Qual a flor da assucena
No orgulho és pequena
Mas no amor és grandiosa

Na humildade és rainha
No carisma és puro amor
na meiguiçe és campeã
na formosura um talismã
na beleza uma flor

Tua infância foi amargura
Teu passado crueldade
Teu presente é incerto
Mas o futuro está perto
E será só felicidade

O homem só te destrói
Tu insistes em viver
No homem há crueldade
Em ti nenhuma maldade
É lindo o teu proceder

São grandes os teus gemidos
Maiores os sofrimentos
Ao ver a destruição
Do homem sem coração
Só te causando tormentos

Natureza mãe divina
Que nos instrue a viver
Tua força é imprecindível
Teu valor indiscutível
diante de qualquer ser

Teu trabalhar incansável
Me surpreende a cada dia
As tuas arquiteturas
São originais pinturas
Que só nos trás alegria

As tuas mãos são perfeitas
São lindos os planos teus
Ho mestre Rei soberano
Da natureza és o dono
És o verdadeiro DEUS.
Vasquinho Violeiro
Enviado por Vasquinho Violeiro em 22/08/2007
Código do texto: T619065
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vasquinho Violeiro
Jussara - Bahia - Brasil, 43 anos
13 textos (1048 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 00:17)