Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cabelos Longos ao vento

Intensa
Volúpia nas poesias
Solidão linda
Que perdura nos versos
Lirismos Longos

Os ventos do Sul
Ah, as brisas!
Tocam-lhe a face
O balançar das mechas
Desperta os poemas densos

Liberdade tu queres
Linda poetisa
De formas, cores, amores
Amas como ninguém!
E por isso sofres!

Admiro teus exageros
Teu desespero em versos
Tu amas, respiras, vives
Por todos, por ti, pela vida!
Longos poemas, Longos
Caio Almeida
Enviado por Caio Almeida em 05/09/2007
Reeditado em 09/10/2010
Código do texto: T639548

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Almeida
São Paulo - São Paulo - Brasil, 27 anos
40 textos (1684 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/11/17 21:10)
Caio Almeida