Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Para Cora Coralina

Mas o que não é
simplicidade senão
o que não é natural?
Sabedoria inspirada
no que parecia não inspirador?
Letras trêmulas talvez pelas mãos frias,
ou pela emoção da inspiração cotidiana
Num prato azul-pombinho
ou na casa do riacho vermelho...
falou mais forte a Poesia
do que qualquer impossibilidade!
Linda,se vestiu de letras...
e se adornou,de letras...
e se cobriu,de letras...
e se fez,da escrita...
e se inspirou na repetição,
do cotidiano humilde,
da vida desenrolando assim...
refletida até neste momento,
quando lhe peço a bênção,
comendo tomate-maçã
num prato azul-pombinho
corando com seu desenho
meu almoço sozinho.
Walnélia Corrêa Pederneiras
Enviado por Walnélia Corrêa Pederneiras em 21/09/2007
Reeditado em 11/03/2012
Código do texto: T661830

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Walnélia Corrêa Pederneiras
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, 67 anos
288 textos (11571 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 10:37)
Walnélia Corrêa Pederneiras