Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tamburello (Tributo ao Ayrton Senna)

A curva dobra em si,
Distante
Repetidas vezes,
Calada neste final.
Num abrir e fechar de olhos
Desgovernado
Te perdi,
Mas ficaram as lembranças
Que irei recordar
Toda vez que acordar.
Alexandre Abrantes
Enviado por Alexandre Abrantes em 15/11/2005
Código do texto: T71950
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alexandre Abrantes
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
21 textos (1242 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 20:38)
Alexandre Abrantes