Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

À uma Anna Karenina

Dedicado a Natasha

Que tenho a dizer?
que temos a dizer?
é verdade,sim
ela é minha amiga.

O tempo nos remete
às nobres alegrias
tão viventes
neste caminho.

A minha retórica
não é suficiente
ao demonstrar
carinho e afeto

Existir preso
foi algo que aprendi a melhorar
a minha simples existência
quando comecei a te amar

Não irei poetizar
mais uma declaração de amor
pois isto
vemos todos os dias

Irei dizer,sim
que você
é especial
mesmo sem eu ter que te lembrar

Menina única
subjetiva
inteligente
calculista

Sonhadora
meticulosa
eloqüente
e amiga.

Companheira dos momentos
de tristeza e depressão
mas convenhamos
você é uma nobre princesa

Como a tal Anna Karenina
criada por Tolstói
encontrada nos tempos modernos
a todos os instantes

Mas você tem algo
que ela não teve
um amigo Gabriel
com quem sempre poderá contar.

Estas meras palavras
serão poucas
ao meu sentimento
por você.

Te amo porque te amo
não preciso de motivos
para crer
em você.
Stalker
Enviado por Stalker em 21/11/2005
Código do texto: T74519
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Stalker
Salvador - Bahia - Brasil, 116 anos
46 textos (5133 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 00:21)
Stalker