Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LÍVIA

Sua boquinha aberta
a procura do seio exposto,
a seiva, a vida,
quantas horas foram
dessa intensa magia.
As noites sofridas,
mal dormidas,
a manhã sonolenta
e você acesa,
me cobrando a hora,
a fralda.
Sua fragilidade desperta
em mim
essa vontade inata de proteger,
de te fechar nos braços
enquanto dormes
e deixar meu coração
falar ao teu,
desperta em mim
emoções guardadas,
exageradas,
incontidas.
E agora me foge
o cheiro quente do leite,
seu primeiro sorriso,
seu primeiro dente,
seus passinhos incertos e
sem rumo
a caminhar pela casa,
a caminhar pela vida.
Simone Gonzaga
Enviado por Simone Gonzaga em 21/11/2007
Código do texto: T746737
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Simone Gonzaga
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
25 textos (792 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/10/17 20:44)
Simone Gonzaga