Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dois Diamantes

Dois Diamantes

O primeiro é cara do pai
O segundo é o jeitinho da mãe
O primeiro se sobressai
O segundo nunca se retrai

O primeiro, espoleta pura
Pro segundo não há amargura

O primeiro é João
O segundo também
O primeiro é Victor, o vencedor
O segundo é Pedro a rocha do construtor

O primeiro é raça!
É fogo e também paixão!
O segundo é tudo isto,
E mais um monte de ilusão!

Final do dia, que alegria!
Pois eu sei que vou encontrar
Quatros bracinhos que me esperam
No retorno pro meu lar

Videogames, Power Rangers
E historinhas de cavalinhos
Deus me deu mais que um presente
Deus me deu dois Joãozinhos.

Sei que um dia vocês vão crescer
Muita coisa, não será como antes
Mas vocês nunca deixaram de ser
Minhas jóias raras, meus dois diamantes

O primeiro, espoleta pura!
Pro segundo, não há amargura!







Reginaldo Cordoa
Enviado por Reginaldo Cordoa em 11/01/2006
Reeditado em 23/01/2006
Código do texto: T97183
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Reginaldo Cordoa
Matão - São Paulo - Brasil, 46 anos
95 textos (23233 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:37)
Reginaldo Cordoa