Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poetisa dos sonhos

O epíteto de Fada das Letras, me ofertaste,
minha sensibilidade pressentiste e desejaste,
meu carinho quiseste, mesmo assim distante,
fui tua amiga, companheira e terna amante!

 
Cresci poeta, foste inspiração de meus poemas
deste-me sonhos, incentivos, e teus afagos,
fizeste de mim uma sonhadora, com os temas
de magias, dragões, castelos, fadas e magos!

 
Teceste um bosque encantado, como oferenda,
bordaste meu palácio, como a mais fina renda,
um poema tão precioso compuseste para mim!

 
Por isso se hoje sou a fada das letras, que se prenda
para sempre a mim tua alma! E se nesta vida terrena,
não te posso ter...! Na eternidade te amarei enfim!

Fada das Letras
Enviado por Fada das Letras em 18/06/2006
Reeditado em 21/06/2006
Código do texto: T178017

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fada das Letras
Almeirim - Santarém - Portugal, 60 anos
243 textos (32145 leituras)
3 áudios (178 audições)
5 e-livros (288 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 04:26)
Fada das Letras