Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Elen e a Ana

Não venho aqui discutir nada
Pois, ao mundo, de missão me abstenho
Já que da sabedoria nem desdenho
E de deusas estou cercado!

De nada me é eu como centro
Pois, aqui estou só como espectador
Pois, suas juventudes e suas belezas
Devem, como ao ouro, o devido valor.

A Ana é forte Nau dos mares
Que assim enfrenta mudanças
Como se a vida fosse paz e tempestade
E, em terra, há distante esperança.

Elen, tem sorriso de criança
Lindo e belo corpo de mulher!
Vive a imperar sem submeter
Oh Elen, Rainha que não é déspota!

Pensastes as duas no mesmo lugar?
Difícil seria ter-se pra onde olhar
As duas atraem vosso olhar
As duas, fortes, têm a ensinar;

Espaço para os tolos jamais haverá!
Já que naquele momento;
Eu saio de cena: Elen é  meu amor
Ana, bonita amizade; tenho sorte.
Andrié Silva
Enviado por Andrié Silva em 12/10/2006
Código do texto: T262408

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Andrié Keller ( baadermeinhofblues@hotmail.com ) Brasil - http://www.recantodasletras.com.br/autores/andrie). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Andrié Silva
Salvador - Bahia - Brasil, 27 anos
912 textos (98434 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 15:46)
Andrié Silva