Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESTAMPADO


 
Uma porção de cidreira
a remendar o passo
com solenidade de luz
onde me gotejo em manhã.
 
Esperança parideira
essa que chama para pavio
nossos úmidos.
 
Decorro estrume
para o indício da semente
que o passarinho aceita ser
além desse quintal
o dia bulido de abrir.
__________________________
Célio Pedreira
Célio Pedreira
Enviado por Célio Pedreira em 21/10/2006
Código do texto: T269854
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Célio Pedreira
Porto Nacional - Tocantins - Brasil, 58 anos
10 textos (257 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/05/17 01:59)
Célio Pedreira